Xiaomi demite funcionário após admitir que usou trabalho de artista sem permissão

Xiaomi demite funcionario apos admitir que usou trabalho de artista

A fabricante chinesa de smartphones Xiaomi demitiu um funcionário depois que a empresa percebeu que estava usando a arte de um artista chamado Peter Tarka sem sua permissão. Algumas das obras de arte usadas pela Xiaomi foram, na verdade, encomendadas pelo concorrente da empresa LG, afirmou o artista. Os relatórios sobre Xiaomi usando ilegalmente o trabalho de Tarka apareceram no início desta semana.

As imagens em questão foram roubadas do Behance de Tarka carteira sem qualquer crédito ou pagamento.

“O artista 3D Peter disse que o criou em maio de 2018 como parte de sua coleção de instalações, como você pode ver aqui em seu portfólio do Behance. Parece que os artistas de Xiaomi quase não mudaram nada – simplesmente trocando as rampas e bolas por renderizações do produtos da empresa, “The Verge relatado na quarta-feira.

O artista disse que ninguém da Xiaomi jamais se aproximou sobre o licenciamento ou encomenda de sua arte. As imagens que foram usadas na página oficial em espanhol do fabricante do celular, mas foram removidas desde então.

“Tenho 100 por cento de certeza de que eles usaram minhas peças porque tudo combina perfeitamente, eles apenas mudaram a saturação e retocaram alguns elementos para não torná-lo tão óbvio”, disse ele ao The Verge.

Xiaomi agora admitiu usar a obra de arte sem a permissão de Tarka e observou que fortalecerá seus processos internos de aprovação de arte “para evitar que isso aconteça novamente”. A fabricante chinesa de smartphones observou que também pediu desculpas ao artista.

“A Xiaomi removeu o conteúdo de nosso site e decidiu demitir esse funcionário com efeito imediato”, disse Xiaomi em um comunicado dado para The Verge. “Pedimos sinceras desculpas a Peter Tarka e pelas lacunas em nosso processo de aprovação.

Escrito com entradas de IANS

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *