O chefe da Apple, Tim Cook, quer que os invasores do Capitólio dos EUA sejam responsabilizados, incluindo Donald Trump: relatório

O chefe da Apple Tim Cook quer que os invasores

O chefe da Apple, Tim Cook, diz que quer que os envolvidos no ataque mortal ao Capitólio dos EUA na semana passada sejam responsabilizados, mesmo que isso inclua o presidente dos EUA, Donald Trump.

“Todos que participaram dela precisam ser responsabilizados”, disse Cook em um Entrevista desta manhã da CBS postado online na terça.

“Acho que ninguém está acima da lei. Somos um país com estado de direito.”

Os comentários foram feitos durante uma entrevista que foi combinada com Cook na sede da Apple no Vale do Silício para discutir um anúncio que está sendo feito pela empresa na quarta-feira.

Cook não mencionou especificamente Trump, mas disse que qualquer pessoa com um papel na insurreição deveria ser responsabilizada perante a lei.

“Não acho que devemos deixar isso para lá”, disse Cook.

“Isso é algo que devemos levar a sério. Acho que responsabilizar as pessoas é importante.”

Os gigantes da tecnologia Amazon, Apple e Google cortaram laços com Parler, a plataforma de mídia social popular entre alguns conservadores.

As três megacorporações acusaram a plataforma de continuar a postar mensagens incitando a violência, mesmo depois do ataque de 6 de janeiro ao Capitólio dos Estados Unidos por partidários de Trump.

O Twitter suspendeu a conta principal do presidente pelo mesmo motivo.

As contas de Trump também foram suspensas por outros grandes veículos de mídia social, incluindo Facebook, Instagram, Snapchat e Twitch, após a violência no Capitólio.


Qual será o lançamento de tecnologia mais emocionante de 2021? Discutimos isso no Orbital, nosso podcast semanal de tecnologia, que você pode assinar via Podcasts da Apple, Podcasts do Google, ou RSS, baixe o episódioou apenas aperte o botão play abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *