Google processado pela Sonos por supostamente roubar sua tecnologia de alto-falantes sem fio

Google processado pela Sonos por supostamente roubar sua tecnologia de

A empresa de áudio Sonos processou o gigante da tecnologia Google por supostamente copiar o design de seu alto-falante sem fio, instando a International Trade Commission (ITC) a proibir produtos do Google como laptops, telefones e alto-falantes.

De acordo com um relatório no The New York Times, Sonos entrou com dois processos cobrindo cinco patentes contra o Google, alegando que “o Google roubou sua tecnologia de alto-falantes em várias salas após obter acesso a ela por meio de uma parceria de 2013”.

A parceria permitiu que os alto-falantes da Sonos suportassem o Google Play Música.

O Google, no entanto, supostamente usou tecnologia patenteada em seu dispositivo Chromecast Audio, agora descontinuado, mas a usou na linha de alto-falantes inteligentes e smartphones Pixel do Google Home, de acordo com o processo.

Em um declaração ao The Verge, o gigante da tecnologia disse: “A tecnologia do Google foi desenvolvida de forma independente pelo Google – não foi copiada da Sonos. Contestamos essas alegações e as defenderemos vigorosamente”.

A Sonos, fabricante de alto-falantes sem fio de última geração, também afirmou que o Google “subsidiou seus próprios produtos para vendê-los a um preço mais barato, ao mesmo tempo que os usa para extrair mais dados dos compradores”.

“O Google é um parceiro importante com o qual temos colaborado com sucesso há anos, incluindo trazer o Google Assistant para a plataforma Sonos no ano passado. No entanto, o Google tem copiado descaradamente e conscientemente nossa tecnologia patenteada na criação de seus produtos de áudio”, CEO da Sonos, Patrick Spence foi citado como dizendo.

Sonos também afirmou que a Amazon também violou suas patentes com a família de dispositivos Echo, mas decidiu fazer seu caso “um por um”.

De acordo com a Sonos, começando em 2016 logo após o lançamento do primeiro Google Home, a Sonos começou a alertar o Google sobre a violação de patente, mas sem sucesso.

A Sonos disse que acusou o Google de infringir um total de 100 patentes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *