A maioria das empresas demora para corrigir as falhas do software de código aberto

A maioria das empresas demora para corrigir as falhas do

Uma nova pesquisa descobriu que não apenas a maioria das bases de código aberto auditadas tem vulnerabilidades de segurança, mas também que as empresas levam semanas para aplicar patches para isolá-las.

As descobertas, parte de uma pesquisa realizada pelo Synopsys Cybersecurity Research Center (CyRC), são ainda mais chocantes considerando que já leva vários anos para a maioria das vulnerabilidades de segurança ser totalmente divulgada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *