A hilária história de como Godzilla matou sua encarnação de 1998

Apesar de estar em um filme chamado “Godzilla” (estava no pôster e tudo), a criatura do filme de 1998 é oficialmente conhecida como “Zilla”. Isso porque os criadores dos filmes OG Godzilla obtiveram os direitos da criatura e a renomearam, citando que a Sony tinha “removeu o deus de Godzilla“. Por sua vez, removendo a palavra deus de seu nome.

Confuso, permitam-nos explicar, basicamente quando os direitos da Sony sobre a franquia Godzilla expiraram, Toho decidiu consertar aquele aborto do filme quando os direitos revertidos para eles, afirmando que embora o filme se chamasse Godzilla, a criatura nele não era realmente Godzilla. Na verdade, só para deixar essa distinção tão clara que poderia ser vista do espaço, no filme, Godzilla: Guerras Finais, em que o Godzilla real luta contra todos os inimigos de seu passado, Zilla faz uma breve aparição.

Breve sendo a palavra-chave, já que a luta é a mais curta da história do Godzilla, terminando em apenas mais de 15 segundos. Perceba por um segundo que o filme Godzilla de 1998 foi tão ruim que no segundo que os criadores originais do Godzilla tiveram acesso a ele, eles o fizeram explodir em pedaços pelo Godzilla real em um filme de 15 segundos, tornando crianças tão incríveis assistindo crescem pelos no peito em seus malditos globos oculares.

É assim que se parece o progresso.

É assim que se parece o progresso.

Fonte. Fonte.

Outros artigos de que você pode gostar

Gostei? Reserve um segundo para apoiar o apkrapido.comno Patreon!

Top 10 Writers Who Disowned Their Own Work

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *